Saltar para o conteúdo

Perfis

Foto de Pat Hingle

Pat Hingle

Idade
84 anos
Nascimento
19/07/1924
Falecimento
03/01/2009
País de nascimento
Estados Unidos
Local de nascimento
Denver, Colorado

Uma carreira incrivelmente extensa e de muito talento, tanto no teatro quanto no cinema.

Um dos grandes nomes do teatro americano que fez pequenos mas importantes trabalhos no cinema morreu na primeira semana de 2009, aos 84 anos. Pat Hingle não venceu nenhum prêmio, mas nunca deixou de ser elogiado pela crítica. Foi ele que apagou o charuto em Angelica Houston na sádica cena final de Os Imorais, grande filme de Stephen Frears. Foi ele o pai de Warren Beatty em Splendor in the Grass (1961, no Brasil com o escabroso título de Clamor de Sexo), uma das obras-primas, se não a obra-prima, de Elia Kazan.

Foi Kazan, também homem de teatro, que o levou ao cinema. Hingle, com seus dois metros de altura e físico imponente, sempre interpretou homens fortes e brutos, como militares e jogadores de futebol, talvez por isso nunca tenha chegado às suas mãos os prêmios mais famosos. No teatro, no entanto, fez Macbeth, de Shakespeare, o presidente Benjamin Franklin e um vendedor sádico em Dark at the Top of the Stairs, seu papel mais marcante.

Em 1992, fez o gay J. Edgar Hoover, o chefão do FBI na época do macartismo no telefilme Cidadão Cohn, obra repleta de boas atuações que as boas intenções em excesso fizeram infelizmente naufragar. Para o grande público, passou como o comissário Gordon do Batman de Tim Burton.

Nasceu Martin Patterson Hingle em 1924, em Miami. Cresceu no Texas e nunca se formou na universidade, mas a largou para servir à marinha durante a Segunda Guerra Mundial. Lutou no Pacífico. De volta à Universidade do Texas, formou-se em artes cênicas, mas a carreira ficou parada depois que ele embarcou de novo nos navios da marinha americana, agora para lutar na Guerra da Coréia.

Juntou-se ao Actors Studio, em New York, em 1952. Lá conheceu Kazan e em seus primeiros filmes está Sindicato dos Ladrões, filme vencedor do Oscar. Fez o pai arrogante e mandão em Gata em Teto de Zinco Quente na Broadway, dirigido por Kazan, montagem clássica.

Dizia preferir o teatro pois o cinema “não era o meio para atores”. Workaholic, trabalhou tanto (193 filmes listados no IMDB, e o cinema nem era seu principal ganha pão) que não se lembrava dos detalhes dos filmes, peças e personagens. Adorava ver seus antigos filmes na televisão: ficava fascinado.

Filmografia

Título Prêmios Ano Notas
Batman
James Gordon
1989
7,1
6,9
Batman - O Retorno
Comissário James Gordon
1992
7,2
6,8
1954
8,6
8,3
Batman Eternamente
Comissário James Gordon
1995
4,5
4,5
Batman & Robin
Comissário James Gordon
1997
2,5
3,1
Clamor do Sexo
Ace Stamper
1961
8,4
Shaft
Juiz Dennis Bradford
2000
5,9
2006
5,4
Norma Rae
Vernon
1979
7,2
Truman
Tom Pendergast
1995
1995
6,0
Impacto Fulminante
Chefe Jannings
1983
6,8
Rota Suicida
Josephson
1977
6,3
Em Busca do Vale Encantado
Narrador / Rooter (voz)
1988
6,8
Marca da Forca, A
Juiz Fenton
1968
7,0
Elvis
Coronel Tom Parker
1979
5,9
Nevada Smith
Big Foot
1966
1963
1996
Traição do Falcão, A
Sr. Charlie Boyce
1985
Comboio do Terror
Hendershot
1986
1964
Presente de Grego
Hughes Larrabee
1987
6,2
Terras Perdidas
Harold Clark
1997
Rapidinho no Gatilho
U.S. Marshal Dan Kurtz
1994
Resgate de Jessica, O
Chefe James Roberts
1989
5,8
1974
Poder do Natal, O
Motorista do ônibus
1994
Receita: Violência
Capt. Pearson
1972
Cinco de Chicago, Os
Sam Adams Pendlebury
1970
Mulher do Próximo, A
Herman Kreitzer
1957
Pequeno Índio, O
Capitão Stewart
1973
Chuva de Milhões
Edward Roundfield
1985
6,6
1970
Rancoroso, O
Harold Koble
1957
1977
Marcas do Silêncio
Sr. Waddell
1996
Muppets do Espaço
General Luft
1999