Saltar para o conteúdo
5,7
Média
89 votos
?
Sua nota
Direção
Andres Muschietti
Roteiro:
Stephen King (romance), Gary Dauberman (roteiro e adaptação)
Gênero:
Drama, Suspense, Terror
Origem:
Estados Unidos
Estreia:
05/09/2019
Duração:
169 minutos

Filmes Relacionados

Lupas (12)

  • O diretor perdeu a mão nessa continuação, num amontoado de momentos over. Só as cenas com o elenco mirim se salvam.

    EEF | Em 09 de Dezembro de 2019 | NOTA: 5.0
  • Gostei, as manifestações da Coisa são bem monstruosas e algumas até fofas, vide os bichinhos dos biscoitinhos da sorte, e legal rever os pequeninos, dei um certo charme saudosista, poderia ter acentuado nas tiradinhas cômicas... Do meio para o final achei chata a perseguição, perco total interesse...

    Rosana de Almeida Machado | Em 26 de Novembro de 2019 | NOTA: 7.5
  • O palhaço título chega a ser realmente motivo de risada de tão forçadas e repetitivas que são as cenas que ele aparece. O diferencial do clima e da fotografia do primeiro episódio cansam, os atores são ruins e as situações ridículas (há um momento que ocorre uma espécie de romance estilo triângulo amoroso juvenil entre três dos adolescentes agora adultos, sim, pode acreditar). Vale pelos efeitos especiais e pelo saudosismo, mas só.

    Gabriel Fagundes | Em 22 de Outubro de 2019 | NOTA: 4.0
  • Ao invés de dar continuidade a trama, o filme fica preso ao porto seguro do primeiro e repete tudo a exaustão, focando muito tempo em cada personagem isoladamente sem ao menos trazer mais profundidade a eles. Tudo está quadrado, blocado e dependente do carisma que elevou o status do anterior, só que dessa vez sem o tom de urgência, sem ameaça e sem medo.

    Guilherme Algon | Em 05 de Outubro de 2019 | NOTA: 5.0
  • Filme longo, mas contínua um ótimo filme de terror. O clássico não é grande coisa, esse novo sem dúvida é bem melhor.

    Robson Oliveira | Em 21 de Setembro de 2019 | NOTA: 7.5
  • Interminável. Não há qualquer tipo de tensão, insiste em uma infinidade de jump scares que não surtem efeito, além de apelar pra computação gráfica(ruim). Tudo isso em uma trama de quase 3 horas completamente arrastada e repetitiva, com muito conteúdo que poderia tranquilamente ser excluído da obra.

    Pedro Henrique | Em 14 de Setembro de 2019 | NOTA: 2.5
  • Gostei viu. Achei q tem uma aura legal de clássicos infanto-juvenis da década de 80, seguindo a onda Stranger Things, e combina com a pegada do S.King, cujas características autorais acho q a estética toda respeitou bastante. Bacana as criações visuais dos monstros tb. Tem defeitos, é arrastado demais, principalmente no último terço, mas é bom produto, bem adequado ao público atual e q tem potencial pra marcar jovens dessa geração. E cara, q bizarra aquela participação do P.Bogdanovich kkkk

    Josiel Oliveira | Em 13 de Setembro de 2019 | NOTA: 7.0
  • Não há nenhum momento verdadeiramente assustador aqui, a trama demora muito pra engrenar até superar toda a longa sequência da busca pelos 'artefatos' de cada um, com situações bem convencionais e até previsíveis, além de esquecer personagens de uma hora para a outra, ou até mesmo descartá-los e nunca mais falarem do mesmo. Melhora quando finalmente partem para o embate final, embora seja um pouco anti climático. Diversão rasteira e esquecível.

    Daniel Borges | Em 10 de Setembro de 2019 | NOTA: 5.0
  • Enquanto a primeira parte se curte como um filme de terror de baixo orçamento, vemos na parte dois a megalomania atropelando tudo que foi construído e tornando o filme mais tedioso que fascinante. Talvez o problema também seja o texto base e suas limitações que parece que foram seguidas a risca.

    Wellington Junior | Em 10 de Setembro de 2019 | NOTA: 5.0
  • Se havia alguma dúvida, agora não há mais: trata-se de uma história sobre uma amizade capaz de resistir ao tempo e aos terrores mais tenros da alma. O excesso de piadas, o que supostamente quebraria a tensão, é um elemento que reforça a interação entre os personagens. O terror é apenas um pano de fundo. Um dos problemas desse capítulo dois, porém, é a sua duração.Há excesso de flashbacks, muitos dos quais revelam falta de confiança na memória do espectador. Entre erros e acertos, ao menos divert

    Kennedy | Em 10 de Setembro de 2019 | NOTA: 7.0
  • A longa duração, o excesso de flashbacks e os efeitos visuais exagerados, tiraram boa parte da força dessa sequência, infelizmente. Apesar disso, Pennywise continua um ótimo personagem, o elenco adulto está perfeito (embora mal-aproveitado), a produção é caprichada e possui pelo menos dois momentos de gelar a espinha. Mas no geral, ficou inferior ao filme anterior.

    Luiz Fernando de Freitas | Em 07 de Setembro de 2019 | NOTA: 6.5
  • Tiraria uma hora de filme, pelo menos.

    César Costa | Em 05 de Setembro de 2019 | NOTA: 6.0