Saltar para o conteúdo
Direção
Roteiro:
Graham Chapman, John Cleese
Gênero:
Origem:
Duração:
94 minutos

Lupas (31)

  • Tem algumas boas sacadas e piadas, mas é bem irregular e inferior ao cálice.

    Phellipe Araujo | Em 30 de Setembro de 2018 | NOTA: 7.0
  • Um dos filmes mais engraçados e inteligentes a que já tive o prazer de assistir. Uma sátira hilariante, que apenas Monty Python com sua genialidade poderia produzir. Abraços!

    Marco Roberto de Oliveira | Em 19 de Janeiro de 2017 | NOTA: 10.0
  • Profeta da Cabaça ou da bíblia: Qual é mais engraçado?

    Lucas da Costa Simão | Em 10 de Junho de 2016 | NOTA: 9.5
  • É uma sátira bem feita, levanta questões pertinentes de modo inteligente... mas não é exatamente engraçada.

    Paulo Henrique de Aragão | Em 18 de Maio de 2015 | NOTA: 6.5
  • Só me agrada a canção do fim do filme.

    Eliezer Lugarini | Em 15 de Abril de 2015 | NOTA: 3.5
  • Intercala momentos genuinamente hilários com outros desnecessariamente arrastados. A genialidade dos Python está ali, mas em um filme com sérios problemas narrativos!

    João Ferreira | Em 31 de Janeiro de 2015 | NOTA: 7.0
  • Uma das comédias mais hilárias, nonsenses e inteligentes do cinema. Monty Python era genial.

    Luiz Fernando de Freitas | Em 19 de Dezembro de 2014 | NOTA: 8.0
  • O preço por contar uma história melhor, de um jeito melhor, é o de um filme menos engraçado que Cálice, mas hiper espirituoso, ainda.

    Douglas Rodrigues de Oliveira | Em 07 de Dezembro de 2014 | NOTA: 6.5
  • A cena da crucificação é genial.

    Pedro Degobbi | Em 15 de Agosto de 2014 | NOTA: 8.0
  • Monty Python em uma divertida sátira religiosa, bastante regular (o que é difícil de se encontrar em comédias no geral), garantindo risadas do começo ao fim. Exemplo de um êxito na transição da linguagem televisiva para a sétima arte.

    Diego Henrique Silveira Damaso | Em 26 de Julho de 2014 | NOTA: 7.5
  • 21/10/09

    Eduardo Scutari | Em 09 de Março de 2014 | NOTA: 8.5
  • Uma divertida e incessante sátira do Cristianismo e tempos bíblicos, cercada de boas sacadas, nonsense, humor negro, ironia e até um certo teor crítico, mas sofre do mesmo mal que Cálice Sagrado, o do ritmo irregular e momentos inspirados esporádicos.

    Bruno Kühl | Em 20 de Agosto de 2013 | NOTA: 7.0
  • Hilário e politicamente incorreto.

    Moisés Costa Lins | Em 21 de Julho de 2013 | NOTA: 8.0
  • muito ruim!

    Francisco César Costa Lins | Em 21 de Julho de 2013 | NOTA: 5.0
  • Comédia e inteligencia, a essencia de todo o trabalho do Monty Python, algo raro de encontrar atualmente. A critica a religião é atemporal e a mensagem continua fazendo todo o sentido, além de ser hilário.

    Fabio Luis Martins Rafo | Em 18 de Junho de 2013 | NOTA: 9.0
  • Bom, mais esperava mais.

    Leonardo Ferreira Sampaio | Em 29 de Março de 2013 | NOTA: 7.0
  • As mesmas piadas rasas de sempre do grupo, mas aqui há uma melhor contextualização e incursão nos temas, e é daí que o grande humor surge.

    Ravel Macedo | Em 13 de Março de 2013 | NOTA: 7.0
  • O humor desse aqui se encontra bem melhor do que o de Cálice Sagrado.

    Danilo Silva | Em 05 de Março de 2013 | NOTA: 7.5
  • E Deus disse: "Que se faça a luz!" ----- Monty Python respondeu: "So always look on the bright side of life..."

    Vinícius de Castro | Em 18 de Fevereiro de 2013 | NOTA: 7.0
  • Uma das melhores comédias já feitas, tudo nesse filme é genial e hilário, destaque para a memorável cena final.

    Rafael Justen | Em 16 de Dezembro de 2012 | NOTA: 9.0