Saltar para o conteúdo
8,2
Média
280 votos
?
Sua nota
Direção
David Lean
Roteiro:
Boris Pasternak (romance), Robert Bolt (roteiro)
Gênero:
Romance, Drama
Origem:
Estados Unidos
Duração:
197 minutos
Prêmios:
38° Oscar - 1966, 19° Festival de Cannes - 1966, 23° Globo de Ouro - 1966

Filmes Relacionados

Lupas (24)

  • Épico sentimental com cacife para encher os olhos e envolver o público. Ainda que seu cerne seja simples, o contexto histórico se encarrega de dar mais profundidade à trama, e ainda somos brindados pela beleza de Christie.

    Patrick Corrêa | Em 17 de Julho de 2019 | NOTA: 8.0
  • Filmaço pra mostrar que quando o circo pega fogo, até quem está do lado de fora é atingido pelas chamas.

    Paulo Henrique de Aragão | Em 12 de Novembro de 2018 | NOTA: 8.0
  • Tem como ponto principal a qualidade na parte técnica realizada por David Lean. Porém o romance em plena guerra propriamente dito fica devendo um pouco.

    Bruno Ricardo de Souza Dias | Em 17 de Janeiro de 2017 | NOTA: 7.0
  • Lean, ao invés de Wyler e outros, sabia muitíssimo bem celebrar e extrair brilho das pequenas grandes coisas que habitam essas dimensões épicas, explorando toda epicidade sem medo de exageros; Jivago e Arábia talvez sejam os melhores exemplos disso.

    Douglas Rodrigues de Oliveira | Em 29 de Novembro de 2016 | NOTA: 7.0
  • Belíssimo! Uma obra genial que fica ainda melhor com a magnífica trilha sonora.

    Caio César | Em 28 de Junho de 2016 | NOTA: 8.0
  • Perdeu muita força com o tempo, ainda que continue belíssimo.

    Lucas Reis | Em 20 de Fevereiro de 2016 | NOTA: 5.5
  • Verdadeira obra-prima! Fotografia, trilha sonora e cenografia primorosos! Os únicos problemas do filme são o excesso de maniqueísmo e a narrativa irregular em alguns momentos do filme.

    Leandro Moura Lima | Em 30 de Dezembro de 2015 | NOTA: 8.5
  • Grandioso e, certamente, com uma das atrizes mais belas da época.

    Lucas Aragão | Em 23 de Junho de 2015 | NOTA: 9.5
  • ... Ou como a revolução pode ferrar a vida de um cara. O maluco fica pobre, é forçado a se juntar ao exército, passa frio, perde a mulher que amava. Porra, quanto sofrimento!

    Vinícius de Castro | Em 05 de Abril de 2015 | NOTA: 6.0
  • 24/04/09

    Eduardo Scutari | Em 12 de Fevereiro de 2014 | NOTA: 9.0
  • grandioso em todos os aspecto (direção ,fotografia, atuações e trilha sonora) . Ao meu ver falta um pouco de profundidade no roteiro , mas é uma experiência interessantíssima.

    Eliezer Lugarini | Em 02 de Dezembro de 2013 | NOTA: 8.5
  • A estética visual de Lean jamais será superada.

    Matheus | Em 06 de Maio de 2013 | NOTA: 8.5
  • Fotografia deslumbrante. Trilhas-sonora ótima. Filme, apesar de bom, um tanto decepcionante. David Lean é um ótimo diretor...

    Thiago Cunha | Em 24 de Dezembro de 2012 | NOTA: 8.5
  • uma obra prima que divide opiniões! Um elenco maravilhoso assim como uma impecavel parte técnica, com sua direção de arte e fotografia sendo utilizadas de forma espetacular! é um filme profundo e poetico, com momentos ricos em emoções e significados!

    Luciana Stanis Faria | Em 25 de Julho de 2012 | NOTA: 8.5
  • Não li e nem tive a curiosidade de ler o livro que deu origem a este filme, porém, acredito que deva ser melhor que o filme, que se mostrou longo demais, enfadonho e superficial. Além de que OMAR SHARIF, está caricato demais.

    ADEMAR FERREIRA BESSA | Em 04 de Junho de 2012 | NOTA: 3.5
  • Maravilhosa e extremamente encantadora película,sua grandiosamente está em elegantes algures.

    Matheus Darswik Rodrigues Barbosa I | Em 18 de Fevereiro de 2012 | NOTA: 10.0
  • Omar Sharif não combina com Jivago. Esse deveria ser alegre, jovial e entusiasmado, enquanto aquele apresenta durante todo o filme uma única expressão facial: cansativa, monótona e especialmente irritante.

    Jefferson N. | Em 05 de Fevereiro de 2012 | NOTA: 8.0
  • Um espetáculo visual, sem dúvida alguma a mais linda fotografia e direção de arte já proposta no cinema. Mas era necessário um roteiro mais objetivo para mesclar-se com todas as suas maravilhas.

    Gustavo Coelho | Em 22 de Janeiro de 2012 | NOTA: 7.0
  • O primeiro dos Três "grandes" do Lean que vejo. Lindas paisagens, um romantico enredo, uma ótima trilha e um grande tema como pano de fundo.

    Ricardo Côrte Real | Em 03 de Dezembro de 2011 | NOTA: 9.0
  • Revendo-o mais amadurecido entendo muita coisa. Ainda que meloso, retratou muitas das atrocidades cometidas pelo homem em nome de um "ismo",

    Conde Fouá Anderaos | Em 30 de Outubro de 2011 | NOTA: 8.0