Saltar para o conteúdo
8,1
Média
328 votos
?
Sua nota
Direção
Kleber Mendonça Filho
Roteiro:
Kleber Mendonça Filho
Gênero:
Drama
Origem:
Brasil, França
Estreia:
01/09/2016
Duração:
142 minutos
Prêmios:
69° Festival de Cannes - 2016

Lupas (47)

  • Um conjunto de coisas que refletem um ótimo filme: reflexivo, maduro, Sonia Braga e final arrebatador. O único defeito é ser um pouco longo, mas não estraga essa bela obra.

    Ítalo Aquino | Em 09 de Maio de 2019 | NOTA: 8.5
  • Sabe aquele filme que queríamos ter gostado, mas não rolou, não teve química, exceto por umas poucas cenas interessantes...

    Rosana de Almeida Machado | Em 09 de Março de 2019 | NOTA: 7.0
  • Podia ser mais enxuto, mas é uma história maravilhosa, bem conduzida, multitematica e envolvente

    Pedro Luis Santos Miranda | Em 13 de Outubro de 2018 | NOTA: 8.5
  • Como é bom poder assistir uma verdadeira OBRA-PRIMA BRASILEIRA com toda identificação natural que nos traz! Lobotomizados que somos pela overdose das fitas estrangeiras, com Aquarius encontramos - aleluia! - O NOSSO CINEMA! Cinemark, 07-11-2016. $3

    Davi de Almeida Rezende | Em 18 de Agosto de 2018 | NOTA: 9.0
  • Só a atuação excepcional da Sônia Braga já vale o filme. Esbarra numa duração excessiva e cenas despropositadas (principalmente as mais explícitas), mas o talento mostrado na narrativa e as reflexões postas em debate agregam muito ao longa

    Felipe Galeno | Em 31 de Julho de 2018 | NOTA: 8.0
  • Gosto muito como filma K. M. Filho.

    Alejandro Javier | Em 12 de Maio de 2018 | NOTA: 9.0
  • 08/04/2017

    ANTONIO CELIO BORGES | Em 08 de Abril de 2018 | NOTA: 7.5
  • O ontem e o hoje do nosso país atados em um impactante discurso de resistência – da memória, da identidade, das convicções pessoais ou políticas; de tudo isso, de uma vez só – que não poderia ser mais acertado em meio a tempos tão incertos quanto esses.

    Júnior Souza | Em 11 de Dezembro de 2017 | NOTA: 8.0
  • Memória e resistência em uma construção sobre paixões e realidades, que impressiona visualmente e realiza um dos melhores estudos de personagem recentes. Sônia Braga on fire.

    Gabriel Frati | Em 04 de Outubro de 2017 | NOTA: 8.5
  • KMF sabe fazer cinema, mas peca no excesso de virtuosismo e na metragem. Mas acerta na personagem principal, referência feminina, e tece um retrato crítico e dicotômico da nossa classe média atual, reflete sobre Recife como cidade. Tapa na cara da direita

    Josiel Oliveira | Em 21 de Setembro de 2017 | NOTA: 9.0
  • Tendo assistido só agora fiquei um pouco distante da polêmica política do filme. Gostei bastante, cutuca alguns problemas típicos do Brasil! Muito bom.

    Júnior | Em 20 de Setembro de 2017 | NOTA: 7.5
  • Uma belíssima reflexão sobre o poder que a memória (seja ela física ou abstrata) exerce em cada indivíduo, capaz de remeter a sentimentos únicos e imensuráveis. Temática universal muito bem desenvolvida e ancorada por uma perfomance inesquecível de Braga.

    Diego de Mendonça Costa | Em 20 de Setembro de 2017 | NOTA: 9.0
  • Concordo com o exagero de duração do filme, mais curto renderia bem mais. Agora o tema e a interpretação da SONIA BRAGA, além da direção competente do KLEBER MENDONÇA, FILHO, dão muita sustentação ao filme. Gostei

    ADEMAR FERREIRA BESSA | Em 29 de Maio de 2017 | NOTA: 6.0
  • KMF beira o desespero na sua tentativa de ser realista, e falha miseravelmente: protagonista patética, personagens secundários inócuos, trama pobre, dificuldade extrema em desenvolver o pouco que é proposto, duração exagerada e final constrangedor.

    Leandro Costa | Em 14 de Maio de 2017 | NOTA: 3.0
  • 04//11/16 O filme é muito bom, mas bem menor que a polêmica que criou.

    Eduardo Scutari | Em 19 de Abril de 2017 | NOTA: 7.0
  • Alguns momentos piegas (discussão com a filha, aniversário da Ladjane...) tiram um pouco de seu brilho, mas o domínio de cena de Sonia Braga torna a projeção um deleite. Não é só sobre memória, é sobre individualidade e dizer não à homogeneização moderna.

    Vinicius Lins Magno Ferreira | Em 28 de Março de 2017 | NOTA: 8.5
  • O prevalecer do tempo, os caminhos da memória e a busca do significado das coisas. Deixando de lado o falatório político, "Aquarius" é um belo filme, sensível, por vezes poético e aconchegante. Nem preciso comentar o quanto Sonia Braga está perfeita?!

    Zacha Andreas Lima | Em 15 de Março de 2017 | NOTA: 8.0
  • se esse país continuar achando essa chatice digna de Oscar vai ficar pra sempre na fila

    Daniel Martins | Em 18 de Janeiro de 2017 | NOTA: 5.0
  • Tem detalhes tão naturais (principalmente na cenografia, algumas palavras bem ditas) que envolvem demais mas a velha (e o uso de sua música) cansa também. Poderia ter terminado pra valer, o fim inconclusivo, bem naquele momento, quebra o clima da cena.

    Adriano Augusto dos Santos | Em 17 de Janeiro de 2017 | NOTA: 7.5
  • O filme de Kleber é relevante, só tem problemas de ritmo, as músicas que nem sempre funcionam e um distanciamento que me incomoda. Imagino o resultado na mão de um Farhadi por exemplo, a tensão e o quanto o dilema se tornariam maiores nas mão do iraniano.

    Eliezer Lugarini | Em 17 de Janeiro de 2017 | NOTA: 6.5